Galaxy Buds+ vs Galaxy Buds Live: compare os fones Bluetooth da Samsung

Galaxy Buds+ e Galaxy Buds Live, são os dois fones Bluetooth mais recentes da Samsung. Os produtos totalmente sem fio prometem bater os AirPods, da Apple, com autonomia acima das 20 horas, boa reprodução de músicas e captação sem ruídos para chamadas. O modelo mais recente traz inclusive cancelamento de ruído ativo, sendo uma alternativa mais barata aos AirPods Pro no Brasil.

Enquanto o primeiro chegou em março de 2020 a R$ 999, o Buds Live era aguardado apenas para o próximo dia 2 de setembro, mas já apareceu nas principais lojas online do país, com preços a partir de R$ 1.299. Confira a seguir as principais diferenças entre os fones de ouvido da gigante sul-coreana e saiba qual deles vale mais a pena para você.

Fone de ouvido barato: veja dez modelos por até R$ 200 para comprar em 2020

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto?

Design

O Buds+ tem design bastante tradicional, seguindo o perfil do Galaxy Buds original, sendo intra-auricular, com algumas opções de ponteira de silicone, além de trazer uma borracha na parte externa que se adequa ao ouvido do usuário. Já o Buds Live tem formato que lembra um feijão, o que, segundo a Samsung, vai permitir o encaixe ideal por seguir o desenho da parte interna da orelha.

Além disso, a saída de são não se dá pelas tradicionais ponteiras, o que pode aumentar o conforto após longas horas de uso. Seu estojo carregador também é diferente, lembrando uma caixinha de jóias. O Buds+, por sua vez, tem case bastante pequena em formato de pílula, ocupando pouco espaço no bolso, por exemplo. Em relação ao peso, são 5,6 gramas na opção recém-lançada, enquanto o modelo que chegou em março ao Brasil tem cerca de 6 gramas.

Funcionalidades

Os dois fones da Samsung contam com uma boa quantidade de recursos, como superfície sensível ao toque para controlar a reprodução, atender chamadas, entre outros comandos, além de permitirem personalizar as ações pelo app Galaxy Wearable para celulares Android e iPhone (iOS). Dessa forma, os usuários podem escolher entre acessar o assistente de voz do smartphone (como Google Assistente e Alexa, por exemplo), passar de música ou até mesmo abrir o Spotify de forma automática.

Os acessórios também trazem integração com a Bixby, Inteligência Artificial da Samsung, que pode ser ativada diretamente por voz. Outro recurso presente em ambos é o carregamento sem fio, que permite realizar a recarga em celulares top de linha da marca, como os Galaxy S10 e Galaxy S20, além do novo Galaxy Note 20.

Os diferenciais ficam por conta do cancelamento de ruído ativo, principal destaque do Buds Live, que utiliza microfones para captar sons externos e bloqueá-los de acordo com a situação. Segundo a Samsung, a funcionalidade permite impedir a entrada de até 97% do barulho vindo de fora, garantindo uma boa imersão para o usuário quando estiver ativada. O produto tem ainda certificação IPX2 para resistência à água, sendo interessante inclusive para uso esportivo.

Qualidade do som

Os dois produtos trazem drivers dinâmicos de 12 mm, sendo o do Buds+ um sistema duplo, com woofer e tweeter, o que reforça o bom equilíbrio de graves, médios e agudos. Já o Buds Live promete uma boa reprodução de graves, mas também não deve deixar a desejar em outras frequências.

Os acessórios têm também assinatura AKG, marca reconhecida pela boa qualidade de som em seus aparelhos. Vale ressaltar aqui ainda que, por ser intra-auricular, o Buds+ pode passar a sensação de que sua reprodução é superior, já que há um isolamento físico. No Buds Live, a ideia é que o cancelamento de ruído ativo funcione bem para passar a ideia de imersão.

Bateria

Segundo a Samsung, Buds+ e Buds Live devem oferecer praticamente a mesma autonomia, com 22 e 21 horas, respectivamente. Esse período leva em conta a bateria dos earbuds e do estojo carregador, em conjunto. Vale ressaltar que, pelo recurso de cancelamento de ruído, o Buds Live tem um hardware mais exigente, o que deve significar um tempo maior de uso caso a função esteja desligada.

Preço e concorrentes

O Galaxy Buds+ tem valor oficial de R$ 999 enquanto o Galaxy Buds Live teve seu preço antecipado no varejo brasileiro, custando a partir de R$ 1.299. Portanto, os modelos aparecem como alternativas mais em conta frente aos fones oferecidos pela Apple no mercado nacional: os AirPods custam R$ 1.349, enquanto o AirPods Pro está à venda por R$ 2.249, ambos no site oficial da maçã.

Quem não está disposto a investir muito em um novo fone Bluetooth, pode considerar os AirDots, da Xiaomi, opção de entrada no mercado brasileiro. O acessório está à venda por a partir de R$ 122,90

Ficha técnica Galaxy Buds+ e Buds Live

Especificações Galaxy Buds+ Galaxy Buds Live Preço R$ 999 R$ 1.299 Conectividade Bluetooth 5.0, USB-C Bluetooth 5.0, USB-C Cancelamento de ruído Não Sim Bateria 22 horas com estojo 22 horas com estojo Sensor tátil Sim Sim Suporte Bixbi Sim Sim Cores preto, branco ou azul preto, branco ou bronze

Qual é o melhor fone de ouvido por até R$ 100?